Page 6 of 125 FirstFirst 123456789101112131415163156106 ... LastLast
Results 101 to 120 of 2496

Thread: Português (Portuguese)

  1. #101
    Pyrgopolynices's Avatar Campidoctor
    Join Date
    May 2005
    Location
    Cork, Ireland
    Posts
    1,678

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Zé do Pipo View Post
    Na minha opinião, preciosismos e elitismos linguísticos são a coisa mais desnecessária à face da terra. A língua deve refletir o povo que a fala, não o "pseudo-povo" que a elite académica gostaria que existisse. Manter o étimo latino apenas porque é "chique"? Tenham a santa paciência...
    Quê? Olha, passou-se!

    Não interessa o passado que o Latim teve para o Português, hoje falamos uma língua que, especialmente quando falada, nada tem a ver com o latim. Um Romano hispânico, ali de Lisboa, em 100 D.C não compreenderia absolutamente nada do que um Português ou Brasileiro moderno diz.
    Um brasileiro também tem problemas em compreender portugueses do território continental e estes têm problemas em compreender açoreanos. Os espanhóis têm problemas em compreender os portugueses e os franceses têm problemas em compreender os quebequenses. Fonéticas. Diz-me novidades.

    A ponte foi quebrada. Manter pontes artificiais para quê?
    Na tua lógica, se a ponte foi quebrada, porquê um acordo ortográfico então?

    A "latinização" das línguas modernas é ridícula. E mais ainda, anti-natura e anti-histórica. Vou esperar que o Ludicus chege aqui para corroborar o que estou a dizer, mas pronto, sabias que o Português medieval não tinha consoantes mudas? Isto é, a determinada altura, aquando do neo-classicismo, decidiu-se "espetar" latinismos no Português apenas porque estava em voga, na Europa (na Itália, em particular), na altura fazer isso?
    Tás a ensinar o padre-nosso ao padre, ainda por cima mal ensinado. A latinização e helenização das línguas é histórica, e a vontade de combater a evolução de qualquer língua é tão antiga como o aparecimento dos primeiros vocábulos. Qualquer idioma é orgânico e se transforma, isso é ponto mais do que assente. Estares a chamar anti-natura ao facto de se tentar re-latinizar o Português é que é ridículo. Aconteceu várias vezes, tal como aconteceu noutras línguas, inclusive com o próprio latim (podes ver os textos de Salústio ou o Appendix Probi, que é a prova cabal de que o latim combateu a vernacularização das línguas até à última).

    Se passares o dia a comer MacDonalds e gelados, o teu corpo vai transformar-se de certeza. Parte de ti controlar essa transformação, fazendo mais ginástica e mudando a dieta.

    No caso da língua não é muito diferente. Os linguistas existem por alguma razão. Se não fossem eles, mta xentagora xcrvia axim pk pontx. Podes chamar elitistas ao entendidos em línguas, chama-lhes o que te der na real gana. Mas o papel deles é importante, ou então era a anarquia completa. Mais: que chamar aos tipos que fizeram o acordo ortográfico sem consultarem grande parte das autoridades competentes para isso? Políticos e burgueses a mandarem na instituição linguística? Isso sim, é elitismo! Querem, podem, mandam! É tão absurdo como deixar um padeiro pilotar um avião ou o Socas num acesso de estupidez impressionante estar a espalhar a palavra Allgarve como promoção turística.

    Pois. Olha, ao inicio fazia-me confusão, mas dou por mim a escrever agora de acordo com o OA sem sequer pensar no assunto. É mais práticos, parece mais natural (acredita, assim que te livres de certos preconceitos repararás nisso) e, acima de tudo, é mais português.
    Reitero o que disse, não sou contra um acordo, sou contra este acordo. Não vou estar a explanar aqui tudo o que está mal. E indo para a frente ou indo para trás, já tanto me dá. Um dia destes pode ser que consiga escrever daquela maneira.

  2. #102
    Macunaíma's Avatar Campidoctor
    Join Date
    Dec 2011
    Location
    Hy Brazil
    Posts
    1,997

    Default Re: Português (Portuguese)

    Também não entendi a utilidade desse Acordo.


  3. #103
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    12,178

    Default Re: Português (Portuguese)

    Nasceris, possis nihil urbe Roma Uisere maius.
    Mas vocês acalmem-se. Deixem que a última flor do Lácio tenha pétalas de várias cores, num prado com muitas flores, apropriado a cavalos de várias cores.
    (pois sim, acabo de desvirtuar Reinaldo Ferreira)
    --
    Também não entendi a utilidade desse Acordo.
    Se entendesses, era um perito na matéria. Se não entendes, é também pelo mesmo motivo.

    ----
    Mudando de assunto, cheira-me a intentona a médio prazo. Qual é a vossa opinião?
    Last edited by Ludicus; April 23, 2012 at 02:48 PM.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

  4. #104

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Ludicus View Post
    Nasceris, possis nihil urbe Roma Uisere maius.
    Mas vocês acalmem-se. Deixem que a última flor do Lácio tenha pétalas de várias cores, num prado com muitas flores, apropriado a cavalos de várias cores.
    (pois sim, acabo de desvirtuar Reinaldo Ferreira)
    --

    Se entendesses, era um perito na matéria. Se não entendes, é também pelo mesmo motivo.

    ----
    Mudando de assunto, cheira-me a intentona a médio prazo. Qual é a vossa opinião?
    É no 25 não é?

  5. #105

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Ludicus View Post
    Mudando de assunto, cheira-me a intentona a médio prazo. Qual é a vossa opinião?
    Intentona? Como assim? Uma tentativa de golpe de Estado? Sinceramente, custa-me a crer.
    No entanto, admito que possa ocorrer um aumento da contestação social se a execução orçamental não melhorar até ao final do ano. Se tal acontecer, o governo será obrigado a aplicar mais medidas de austeridade para controlar as contas públicas, apesar de já se ter atingido o limite máximo de sacrifícios que o cidadão comum pode suportar (acima do actual patamar, está a fome generalizada). Perante este cenário, acredito que possam ocorrer manifestações em larga escala, possivelmente marcadas pela violência, que podem até colocar em causa a estabilidade política que tem existido em Portugal.

    Refazendo a frase de um alemão famoso, digo que “o futebol é o ópio do povo”. Assim, para esquecermos por instantes cenários adversos como aquele que eu descrevi, proponho que dêem um vista de olhos no vídeo que se segue. Trata-se do resumo da final do campeonato australiano (eles lá decidem o campeão num único jogo). Chamo a vossa atenção para a grande penalidade assinalada no minuto 90+5 que decidiu o título.

    Last edited by Boicote; April 23, 2012 at 08:05 PM.

  6. #106
    Macunaíma's Avatar Campidoctor
    Join Date
    Dec 2011
    Location
    Hy Brazil
    Posts
    1,997

    Default Re: Português (Portuguese)

    Eu não sabia que as coisas aí na metrópole estavam tão ruins...

    Vocês, portugueses, acreditam que essa crise seja superada em quanto tempo? Um ano?


  7. #107
    Julius Isidrus's Avatar Centenarius
    Join Date
    Apr 2005
    Location
    Portugal
    Posts
    859

    Default Re: Português (Portuguese)

    Ai se fosse contra o Benfica o que não diram! Já o PC estava a esta hora nos calabouços da PJ.

    Já se marcaram por cá faltas desse tipo, os jogadores tropeçam neles próprios, mas penalties não.

    Quote Originally Posted by Boicote
    se a execução orçamental não melhorar até ao final do ano.
    A probabilidade desse evento acontecer é 1, já os outros não são tão simples, dizem que o povo português é de brandos costumes.

    Quote Originally Posted by mindOverdrive View Post
    Vocês, portugueses, acreditam que essa crise seja superada em quanto tempo? Um ano?


    Isso tem tanta piada como aquele vídeo.
    Last edited by Julius Isidrus; April 23, 2012 at 10:16 PM.

    Thema Devia - Português (Portuguese)

    Homo sum, humani nihil a me alienum puto

  8. #108
    Macunaíma's Avatar Campidoctor
    Join Date
    Dec 2011
    Location
    Hy Brazil
    Posts
    1,997

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Julius Isidrus View Post


    Isso tem tanta piada como aquele vídeo.
    Oh .

    Eu sinceramente espero que nos próximos anos Portugal não se torne um lugar miserável, eu realmente quero conhecer o país (não que miséria me impeça).
    Last edited by Macunaíma; April 23, 2012 at 10:49 PM.


  9. #109
    Lord Consul's Avatar Armchair intellectual
    Moderator Emeritus

    Join Date
    Oct 2006
    Location
    Chicago, IL
    Posts
    3,111

    Default Re: Português (Portuguese)



    Li recentemente a crônica do Frank Bruni, cronista do New York Times, sobre seus passeios em Lisboa com uma fotógrafa especializada em flagrar as 'pichações' de revolta, tristeza e desesperança que apareceram pelos muros da capital com a crise. Confesso que fiquei com os olhos marejados.

    Não existe nada pior do que uma juventude expulsa de seu país pela falta de oportunidade e pelo desemprego. Vejo que muitos de vocês têm uma opinião não muito elevada dos portugueses da diáspora, mas muitos destes que emigraram durante o longo reinado do Salazar eram praticamente analfabetos funcionais e, mesmo assim, conseguiram construir uma vida digna no estrangeiro.

    A mercearia da minha rua foi fundada por um alentejano que chegou aqui em Terra Brasilis com 300 cruzeiros no bolso (o suficiente para duas noites numa pensão) e hoje é um pequeno empresário, pai de filhos economistas, uma advogada... Sou talvez da última geração de brasileiros que ainda tenha conhecido alguns dos portugueses da primeira imigração em massa do século XX (1900-1930) e tenho alguns colegas que são filhos da segunda geração (1950-1970, com o fim da guerra do Ultramar) e nada tenho a dizer deles. Seja como motoristas de táxi, açougueiros, padeiros, empresários, a maioria soube construir uma vida para si e para os seus honestamente, com o suor do próprio rosto.

    O mal de Portugal hoje é o mal da Europa. Acusam os governos dos PIIGS de serem fiscalmente irresponsáveis, mas foram bancos alemães que financiaram a orgia. É verdade que, por uma série de fatores históricos, Portugal seja hoje talvez o menos competitivo país da Europa. Mas vejo nisso a atuação de fatores históricos e geopolíticos, não resultado de um determinismo cultural.

    O Brasil tem uma cultura tão patrimonialista, acomodada e corrupta quanto Portugal, com a diferença de ser 20 vezes maior. E o país está a todo vapor. Eu estou de saída de meu emprego (estou de mudança para a Holanda, para fazer um mestrado) e já recebi algumas ofertas. Conforme já disse aqui, já entrevistei mais de um português em processos seletivos.

    Por que o Brasil está a todo vapor e Portugal não? Por que somos melhores? Por que nosso material humano é superior? Não, tolice. Nossas condições demográficas e geográficas são positivas o suficiente para mitigar nossas limitações.

    Isto pode parecer anátema, dada a importância do 'projeto europeu' para a psique das elites dirigentes portugueses, mas acho que o futuro de Portugal é o Atlântico. Portugal é o único país, além do Reino Unido, a possuir ex-colônias em cada um dos continentes do mundo emergente. Com a diferença crucial de que estas mesmas ex-colônias não nutrem grande ódio ou ajuízam qualquer reivindicação contra a ex-metrópole.
    Proud Client of Obi Wan Asterix

  10. #110

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Boicote View Post
    Intentona? Como assim? Uma tentativa de golpe de Estado? Sinceramente, custa-me a crer.
    No entanto, admito que possa ocorrer um aumento da contestação social se a execução orçamental não melhorar até ao final do ano. Se tal acontecer, o governo será obrigado a aplicar mais medidas de austeridade para controlar as contas públicas, apesar de já se ter atingido o limite máximo de sacrifícios que o cidadão comum pode suportar (acima do actual patamar, está a fome generalizada). Perante este cenário, acredito que possam ocorrer manifestações em larga escala, possivelmente marcadas pela violência, que podem até colocar em causa a estabilidade política que tem existido em Portugal.

    Refazendo a frase de um alemão famoso, digo que “o futebol é o ópio do povo”. Assim, para esquecermos por instantes cenários adversos como aquele que eu descrevi, proponho que dêem um vista de olhos no vídeo que se segue. Trata-se do resumo da final do campeonato australiano (eles lá decidem o campeão num único jogo). Chamo a vossa atenção para a grande penalidade assinalada no minuto 90+5 que decidiu o título.

    Eu também não creio que um golpe de estado aconteça. Porém o povo Português é muito amorfo de maneira geral, eu prevejo uma continuação do que aquilo que se tem estado a passar.
    Cada vez mais o aperto do cinto , e o povo a calar e a comer.
    Ou o que tem mais acontecido é a malta a ir embora daqui para fora.

  11. #111
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    12,178

    Default Re: Português (Portuguese)

    Muito bons posts, Boicote e LordConsul.
    --
    Eu estou de saída de meu emprego (estou de mudança para a Holanda, para fazer um mestrado)
    Felicidades, vai dando notícias!

    --
    Porém o povo Português é muito amorfo de maneira geral
    Pois é, mas não foi o povo que fez o 25 de Abril, foram os militares de carreira que, já estando mais ou menos fartos das comissões em África, sofreram a afronta de serem equiparados aos milicianos. Essa foi a gota de água. Tenho até algumas dúvidas que, sem esse famoso decreto-lei, tivesse acontecido o 25 de Abril nessa altura. Mas esperemos que nada aconteça, porque voltávamos quase à Idade Média. Como disse muito bem o Boicote, mesmo sem uma convulsão social, "acima do actual patamar, está a fome generalizada".
    Last edited by Ludicus; April 24, 2012 at 12:33 PM.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

  12. #112

    Default Re: Português (Portuguese)

    Que execrável situação aos patrícios... Em que a UE está a ajudar?


    Por acaso, nenhum brasileiro aqui se indignou pela sua excelentíssima presidente da República se prostrar aos ianques por universidades?

  13. #113
    Macunaíma's Avatar Campidoctor
    Join Date
    Dec 2011
    Location
    Hy Brazil
    Posts
    1,997

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Cleitonx1 View Post
    Por acaso, nenhum brasileiro aqui se indignou pela sua excelentíssima presidente da República se prostrar aos ianques por universidades?
    É uma prática comum neste país... Até a esquerda me decepcionou.


  14. #114
    Pyrgopolynices's Avatar Campidoctor
    Join Date
    May 2005
    Location
    Cork, Ireland
    Posts
    1,678

    Default Re: Português (Portuguese)

    Lord Consul, o teu post é fantástico e concordo com o cerne do que deixaste escrito.

    O caso dos empreendedores portugueses que se fixaram no Brasil durante século passado é também notável. Ainda há um tempo estive a conversar com uns cariocas que trabalham comigo aqui na Irlanda sobre esse assunto. O que tu disseste agora comunga com tudo o que eles me comentaram.

    Apenas um comentário:

    O mal de Portugal hoje é o mal da Europa. Acusam os governos dos PIIGS de serem fiscalmente irresponsáveis, mas foram bancos alemães que financiaram a orgia. É verdade que, por uma série de fatores históricos, Portugal seja hoje talvez o menos competitivo país da Europa. Mas vejo nisso a atuação de fatores históricos e geopolíticos, não resultado de um determinismo cultural.
    O determinismo cultural de que falas é, também ele, devido a factores históricos e geopolíticos que, por si, tendem a condicionar esse mesmo determinismo, ou antes a agravá-lo. É uma espécie de dicotomia ovo/ galinha.
    Last edited by Pyrgopolynices; April 24, 2012 at 06:15 PM.

  15. #115

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Lord Consul View Post
    Esse graffiti é arrepiante.

    Quote Originally Posted by Knight of Heaven View Post
    Eu também não creio que um golpe de estado aconteça. Porém o povo Português é muito amorfo de maneira geral, eu prevejo uma continuação do que aquilo que se tem estado a passar.
    Cada vez mais o aperto do cinto , e o povo a calar e a comer.
    Ou o que tem mais acontecido é a malta a ir embora daqui para fora.
    De facto, o povo português é sereno e tem-se comportado de forma estóica perante as adversidades que são anunciadas todos os dias. Paradoxalmente isso deixa-me apreensivo. Os portugueses estão a reprimir as suas frustrações e temo que um dia essas pulsões sejam libertadas de forma violenta.

  16. #116

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Pyrgopolynices View Post
    Eu já me fartei de bater no Acordo Ortográfico e fi-lo sempre com o Português que aprendi na escola e nos livros. Não vou mudar a minha maneira de escrever. Prefiro adicionar os C e P mudos que desapareceram na reforma ortográfica do século passado (ex: práctica, practicar), escrever as palavras de origem grega (letra fi) em F com PH, como pharmácia, ou ainda repor (ou repôr) os acentos graves nos advérbios de modo (vàlidamente).

    É triste notar que uma língua latina está a perder todo o seu passado etimológico. Nem os italianos, que retiraram H's e outras consoantes mudas da sua escrita há já bastante tempo, conseguiram ser tão tramados. Fizeram como os latinos, adicionaram duplas consoantes, como esattamente (exactamente) para assinalar uma assimilação regressiva que fez desaparecer o C mudo.

    Eu não estou contra um acordo ortográfico, mas este em particular foi feito por gente que não percebe um cu da matéria. Não me revejo nele, e penso que nem o Português Oriental (chamemos-lhe assim) nem o Português Brasileiro merecem isto.

    edit: Bolas, escrevi isto a pensar que a última mensagem tinha sido do Julius na página 3.
    Eu muito honestamente acho que este acordo não é para nós mas para os que vierem. Obviamente as crianças vão apreender na escola de maneira diferente, é o futuro da Língua que este acordo almeja.
    Eu pessoalmente vou continuar a escrever como sempre escrevi obviamente.

    Porém eu não estou contra este acordo, se o objectivo é realmente Unificar a grafia da língua portuguesa no mundo. Nesse aspecto não vejo por onde é que o acordo esteja mal feito.
    Uma questão muito mais importante, é o porquê desta unificação, e se realmente trará algum beneficio, e para quem?
    Ai é que eu acho que a porca troce o rabo, porque desconheço se os vários custos inclusive os culturais não são maiores que os benefícios. Digo isto porque é a gramática de Portugal que sofre mais alterações. Não percebo o que teria o Brasil ou Portugal a ganhar com tal unificação.
    Spoiler Alert, click show to read: 


    Note-se que Saramago é um fraco exemplo visto que a sua escrita é sui generis mesmo em Portugal.
    E nem todo o Brasileiro é a favor, porque naturalmente também sofrem alterações na gramática, não é de estranhar que muitos Portugueses também não vêem com bons olhos visto que somos nós Portugueses que temos que nos adaptar mais. Irónico para o país que "detêm" a matriz da língua.
    Também algo que me parece mentira e de caras é nem o Árabe nem o Espanhol tem uma grafia unificada, existe o árabe do Magrebe que até têm um alfabeto diferente do árabe oriental e existe o Árabe do Egipto por exemplo. Nem o Inglês é unificado se forem ver o Microsoft word, tem correcção de ortografia para os EUA, e para os Britânicos e outros.
    Não percebo o que teria o Brasil ou Portugal a ganhar com tal unificação, mas posso estar enganado.
    Eu quero frisar que não estou contra o acordo ortográfico, porém acho que a mudança não é assim tão significativa ou relevante, no nosso dia a dia, ou para a difusão da língua portuguesa. Não é a unificação de uma língua que vai por mais gente a falar e a escrever Português, na minha opinião, Vai por sim no futuro todos os falantes de língua portuguesa a escrever da mesma maneira, pelo menos é o objectivo, e é algo que só se verá os efeitos daqui a muitos muitos anos, e nem sei se é de facto uma coisa boa escrevermos da mesma maneira. Simplesmente não sei.
    Last edited by Knight of Heaven; April 25, 2012 at 04:34 AM.

  17. #117
    Pyrgopolynices's Avatar Campidoctor
    Join Date
    May 2005
    Location
    Cork, Ireland
    Posts
    1,678

    Default Re: Português (Portuguese)

    Knight of Heaven, eu já referi que não me quero debruçar demasiado sobre o assunto do AO, mas estás a querer obrigar-me.

    Não... eu vou... aguentar... e não... vou... agh... responder...

    Compreendo a tua opinião, e é no mesmo sentido que tu que não estou contra um acordo. En contrapartida, o facto de falares em mudanças na gramática é aquele que me faz insurgir contra este acordo. Porque mais tarde, se quiseres conhecer a tua língua a fundo, vais ter mais dificuldades para o fazer e vais efectivamente precisar de ser um linguista para isso.

  18. #118
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    12,178

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Boicote View Post
    Os portugueses estão a reprimir as suas frustrações e temo que um dia essas pulsões sejam libertadas de forma violenta.
    Ou os militares, quando menos se esperar. E espero que não.

    um linguista para isso
    Uma linguista é preferível. Melhor que ninguém sabem transmitir todas as subtilezas e nuances vocais da nossa (delas) língua.
    Deixa-me brincar, estou para aí virado.
    ---
    O RPG Avernum: Escape from the Pit é uma surpresa agradável no mar de tédio dos jogos de hoje em dia. Experimentem.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

  19. #119

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Ludicus View Post
    Ou os militares, quando menos se esperar. E espero que não.


    Uma linguista é preferível. Melhor que ninguém sabem transmitir todas as subtilezas e nuances vocais da nossa (delas) língua.
    Deixa-me brincar, estou para aí virado.
    ---
    O RPG Avernum: Escape from the Pit é uma surpresa agradável no mar de tédio dos jogos de hoje em dia. Experimentem.
    Parece-me ser um voltar ás origens dos RPGs Muito interessante.
    http://www.avernum.com/avernum/

  20. #120
    Pyrgopolynices's Avatar Campidoctor
    Join Date
    May 2005
    Location
    Cork, Ireland
    Posts
    1,678

    Default Re: Português (Portuguese)

    O RPG Avernum: Escape from the Pit é uma surpresa agradável no mar de tédio dos jogos de hoje em dia. Experimentem.
    O último bom RPG foi o Dragon Age: Origins. Experimentei outros e desiludi-me sempre. Se recomendas, tenho de ver esse sem dúvida.

Tags for this Thread

Posting Permissions

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts
  •