Page 103 of 125 FirstFirst ... 3537893949596979899100101102103104105106107108109110111112113 ... LastLast
Results 2,041 to 2,060 of 2495

Thread: Português (Portuguese)

  1. #2041

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Knight of Heaven View Post
    Esperado subir ou poder se calhar é uma frase muito forte... têm ganho alguma proeminência, mas nem de perto nem de longe parece ser a intenção de voto da maioria.
    No entanto deixas-te e fora o caso na Hungria.
    Não estou muito informado da Hungria para ser sincero, mas isto da Marine le Pen parece aquecer:


    • Why Eurosceptics could win big in 2014: On 13 October Marine Le Pen and her right-wing National Front (FN) won a convincing victory in a local election in Brignoles. The vote came shortly after a poll on European Parliament election voting intentions, commissioned by Le Nouvel Observateur, had the FN on top with 24% of the vote. With anti-euro and –EU parties in the UK and Germany riding high, Eurosceptics could make an historic leap forward in next May’s polls. Business Week; Left Foot Forward; Financial Times; Independent, BBC News; Telegraph; Financial Times; Business Week; New York Times; EurActiv; BBC News; The Guardian; Irish Times
    fonte: http://europedecides.eu/tag/marine-le-pen/

    Também prevéem subida de votos para o UKIP, não esquecer que em 2009 tinham pouco mais de 2%..

    UKIP would replace the Liberal Democrats as Britain's third party in Westminster if there were a General Election tomorrow, according to a new poll.
    fonte:http://www.itv.com/news/2013-05-19/u...e-share-on-19/

    The UK Independence Party has recorded its highest ever vote share on 19%, in a ComRes poll for today's The Independent on Sunday, shared with the Sunday Mirror.


    http://www.express.co.uk/news/uk/428...ng-to-new-poll

    Enfim claro que é a votação efectiva que realmente conta, mas penso que estes sinais não mereçam ignorância, o eurocepticismo parece começar a subir, para a minha supresa no Reino Unido e na França, que não levam com Troikas em cima.. De facto o medo é um efeito poderoso, os países em resgate têem demasiado medo para materializar o seu sentimento euro-céptico.

    Quote Originally Posted by Knight of Heaven View Post
    A falácia que se andou a viver acima das possibilidades lentamente fica a descoberto. É o que o problema não foi só esse, é ao contrário do que se pensa não foi exageros nos gastos e despesismo publico.
    Isso do viver acima das possibilidades é um slogan e nada mais que isso. Repara que durante a crise quem sofre menos é precisamente as pessoas mais ricas, ou seja as que estão mais perto dessa acusação.. Não faz sentido. Com o escudo nunca tivemos este nível de dívida e desemprego (131% de dívida/PIB e 16-17,5% de desemprego oficial, sabe-se lá o desemprego real), pelo menos desde 25 de abril.

    Também estive a ver o crescimento do nosso PIB, teve um crescimento sustentado e rápido durante os anos 80 e 90, tendo entrado em estagnação a partir de 2001-2002, na altura em que nos juntámos ao euro, não tendo tido crescimento minimamente significativo em 2000-2010. A ideia de que o euro nos tornou mais ricos deveu-se às taxas de juro mais baixas e facilidade de acesso a crédito, mas vendo o crescimento do nosso produto interno bruto em 2000-2010 a verdade fica a descoberto.

    Quote Originally Posted by Knight of Heaven View Post
    Custa aceitar, e a mim pessoalmente, mas cada vez mais o sonho europeu, é exactamente isso. Um sonho.
    Os sonhos teêm este tendência irritante para se tornar em pesadelos...

    Quote Originally Posted by Knight of Heaven View Post
    No meu ver, esta é uma crise de todo a ocidente, que ao longo das décadas têm perdido industria e produtividade, e agora tem perdido a competição para Ásia, que é muito basicamente o futuro e o centro da economia mundial, disso não tenho dúvidas, não é por acaso que apenas os Países que se mantiveram fortemente industrializados são hoje exemplos de produtividade, quem apostou na economia de serviços, está hoje à rasca e dependente de outrem, os Estados Unidos, e Reino Unido Inclusive.
    Temos que agradecer a pessoas como Tatcher e Reggan e outros que pensavam que eram donos da razão. Mas enfim é Historia.
    Hoje vivemos num ocidente onde já existem pessoas que pagam para trabalhar à borla. ( estagiar neste caso) é um absurdo.
    Enfim a Ásia está a ascender, mas nada de novo, na altura dos descubrimentos Portugueses e da Batalha de Diu em 1509 a Ásia e o Oceâno Índico eram o centro económico mundial, sendo que a europa ainda não se tinha recuperado da queda de roma. Apenas após a intervenção Portuguesa se pôde observar um ligeiro shift no centro de gravidade da economia mundial para a Europa.

    Pretendo dizer com isto que a história está apenas a repetir-se: a Ásia reclama a sua antiga posição. Não esquecer que o Japão já era a economia #2, tendo sido ultrapassado pela #3 China, trocando de lugares, ficando a China com #2 e Japão com #3.

    Menção honrosa para o Brazil, que tem a #6 posição.
    Last edited by fkizz; October 24, 2013 at 09:00 AM.

  2. #2042
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    11,146

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Knight of Heaven View Post
    ... olhar o caso dos bancos e das instituições financeiras.
    O que me lembra, que é feito da recentemente prometida taxa sobre as parcerias? deu em nada? foi só conversa fiada? e porque não uma taxa também sobre as transações da bolsa, que são especulativas e não produtivas?
    Falando das parcerias público-privadas, pergunta-se: o que é uma parceria? por definição, uma parceria é uma associação de parceiros que dividem lucros e prejuízos. Agora repare-se: estas "parcerias" vão levar ao Estado em 2014 cerca de 740 milhões de euros, uma quantia colossal.

    Fala-se agora muito no "estado de necessidade" para se justificarem como inevitáveis medidas como os cortes retroactivos, com um claro "chega para lá" à Constituição. Mas se assim fosse, deixariam de existir regras e leis, porque o poder legislativo ficaria submetido ao que o poder executivo decidisse a cada momento. Por este motivo, o TC não permitirá que tal aconteça. O Governo sabe-o, mas continua a pressionar por motivos óbvios, porque não está interessado em regras e leis, tão inconvenientes ao poder financeiro.

    Quando a dívida de um país se torna insustentável, quando provoca uma espiral de degradação social e económica sem fim à vista, é obrigação ética de um governo invocar o estado de necessidade (aqui sim), mas para alterar as condições de pagamento dessa dívida, ou até declarar - se tal for necessário - a sua anulação parcial ou total. Porque os governos servem os povos, não os seus credores. Em boa verdade, o estado de necessidade pode e deve ser invocado para defender uma nação, não para servir os interesses financeiros dos seus credores agiotas. Existem vários exemplos históricos do que digo. É este o caminho correcto, e que tiver que acontecer pois que aconteça.
    Alguns dirão que o que interessa é rastejar para sobreviver. Prefiro viver sem rastejar.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

  3. #2043

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Ludicus View Post
    e porque não uma taxa também sobre as transações da bolsa, que são especulativas e não produtivas?
    Transações de bolsa já pagas bastantes "taxas" ao banco, em comissões, e uns 20-30% do dinheiro que recebes em dividendos.. na prática a taxa já existe, mas a "receita fiscal" vai para os bancos em vez de ir para o estado.

    E as bolsas não são improdutivas, têem a sua vertente especulativa sim, mas não é um zero sum game e é uma forma alternativa de as empresas se financiarem sem recorrerem a empréstimos, e acho que mais empréstimos não seriam precisos aqui. Uma taxa reduziria o incentivo de jogar na bolsa, e tornaria necessário aumentar o volume de dinheiro em cada investimento que se faz para compensar a implementação as novas tarifas, o que aumentaria o risco e volatilidade do jogo para pequenos e médios investidores, pois cada variação percentual na bolsa significaria uma quantidade de dinheiro perdida/ganhada adicional comparadamente à situação anterior.

    Em uma compra e venda nas ultimas transacções que fiz já paguei 14 euros, e estes 14 euros são para se pagar quer ganhes ou percas dinheiro, e o preço das transacções pode subir até 50 euros se forem acções estrangeiras. Quando recebi dividendos da EDP não me lembro da quantia exacta q recebi ao todo já lá vai um ano, mas tiraram-me 70 euros. E quando perco dinheiro, não me dão nenhuma compensação.

    Não vejo que beneficio traria aumentar isto ainda mais. Os jogadores de bolsa já são castigados que cheguem quando perdem. E dependendo da subjetividade pessoal, poder-se-ia considerar como especulativa outras actividades económicas essencias.


    Quote Originally Posted by Ludicus View Post
    Quando a dívida de um país se torna insustentável, quando provoca uma espiral de degradação social e económica sem fim à vista, é obrigação ética de um governo invocar o estado de necessidade (aqui sim), mas para alterar as condições de pagamento dessa dívida, ou até declarar - se tal for necessário - a sua anulação parcial ou total. Porque os governos servem os povos, não os seus credores. Em boa verdade, o estado de necessidade pode e deve ser invocado para defender uma nação, não para servir os interesses financeiros dos seus credores agiotas. Existem vários exemplos históricos do que digo. É este o caminho correcto, e que tiver que acontecer pois que aconteça.
    Alguns dirão que o que interessa é rastejar para sobreviver. Prefiro viver sem rastejar.
    Enfim um default parcial ou total da dívida poderia ser desastroso a longo prazo, mas tal como tu dizes, a situação actual já é desastrosa e não há muito a perder.

    Eu pessoalmente acredito que há alternativas a tentar pagar a dívida, como desvalorização da moeda; mas é impossível devido ao euro e à rigidez do BCE, e ao medo de inflação da alemanha, ou o BCE poder comprar directamente titulos de divida ao sul da europa como o FED faz com os USA, sendo sucedido em baixar taxas de juro dos USA artificalmente dessa forma, ou política monetária no BCE, ou tentar um caminho keynesiano em vez de austeridade, e eu até defendo voltarmos ao escudo, há muito por tentar que ainda não foi experimentado, para mim abandonar o pagamento da dívida seria apenas após tudo isto ser sido tentado e falhado.

    Não te esqueças que apesar de tudo, ainda só tentámos um dos caminhos possíveis, mesmo que insistamos cegamente nele, é só uma das alternativa.

  4. #2044
    Lord Consul's Avatar Armchair intellectual
    Moderator Emeritus

    Join Date
    Oct 2006
    Location
    Chicago, IL
    Posts
    3,111

    Default Re: Português (Portuguese)

    Estou vivo!

    Quote Originally Posted by Vítor Gaspar
    Se Lisboa tivesse metade da eficiência dos serviços públicos/transportes/etc. daquela cidade, nem sei. Ao contrário do Rio, não me senti uma única vez em perigo pelas ruas ainda que, claro, não seja boa ideia andar pelo centro ou periferia (se é que aquela cidade tem um centro e uma periferia) à noite.
    Vítor, é muito mais fácil você ser assaltado em qualquer grande avenida de SP (com exceção da Paulista), como a Berrini ou a 9 de Julho, do que em qualquer lugar da Zona Sul.

    E a dimensão desumanizante daquele sítio não pode ser esquecida: a maior cidade em que já estive, como a maior parte dos europeus (que não viajaram até aos EUA) foi Londres, seguida de Paris: São Paulo faz qualquer um dos sítios parecer um vilarejo. É impressionante. Mas ao mesmo tempo - e pelo menos onde estive, que não deixa de ser uma zona nobre da cidade, mas oiço dizer que no geral a cidade, fora uns subúrbios complicados, é assim - a cidade consegue ter tantos espaços verdes e individualizados que impressiona.
    O que gosto de SP é que cada um de seus bairros é, de certa forma, uma mini-cidade em si mesmo, de forma que é possível trabalhar no mesmo bairro onde se vive. Morei em Cerqueira César, no limite da Paulista com o Jardins, e ia a pé para o trabalho. Isto, infelizmente, é impossível no Rio. É tem sim bastante verde, em especial no centro e no centro-sul. As periferias são bem cinzentas.



    Depois de passar 2 meses no Rio, com umas idas ao Sul, encontrar uma cidade tão avançada é qualquer coisa de impressionante. Quem puder que visite e, falando em estereótipos dos povos latinos (e em particular dos brasileiros), veja todas as suas preconizações sobre o Brasil e os brasileiros a desintegrarem-se.
    O poetinha Vinícius de Morais constuma dizer que São Paulo é a potência estrangeira mais amiga do Brasil. A relação entre São Paulo, Rio e o Brasil é algo como Nova York e Chicago nos EUA. São Paulo (como NY) transcende qualquer eventual identidade nacional, é uma metrópole perdida, vastamente global, desconexa das planícies e planaltos atrás de si (como NY). Chicago é, e sempre será, a "Great American City" e o mesmo se pode dizer do Rio que sempre foi, é e sempre será a "capital", a "corte", o coração pulsante da dita nação.

    São Paulo é a única cidade verdadeiramente global da lusofonia, com mais habitantes que Portugal e Angola, pessoas de 110 nacionalidades, imigrantes ilegais, italianos, chineses, japoneses, alemães, suícos... Vida cultural sem igual (mais de 200 peças em cartaz a qualquer momento), o MASP, enfim... Verdadeiros tesouros. O Rio também é uma grande metrópole, mas Sampa é a quarta maior cidade do mundo.

    Agora, não vou ao Rio faz 2 anos, mas nunca achei o transporte público paulista mais eficiente - é mais extenso, já que o Rio possui o pior solo para construções subterrâneas possível e a topografia também não ajuda.
    Last edited by Lord Consul; October 24, 2013 at 09:44 PM.
    Proud Client of Obi Wan Asterix

  5. #2045

    Default Re: Português (Portuguese)

    Enfim a Ásia está a ascender, mas nada de novo, na altura dos descubrimentos Portugueses e da Batalha de Diu em 1509 a Ásia e o Oceâno Índico eram o centro económico mundial, sendo que a europa ainda não se tinha recuperado da queda de roma. Apenas após a intervenção Portuguesa se pôde observar um ligeiro shift no centro de gravidade da economia mundial para a Europa.
    É incomparável. Numa palavra globalização. E a de hoje em nada tem haver com esse tempo.
    Hoje a china e o Japão são credores dos estados unidos e têm enormes investimentos no ocidente, e África e até Américas. (no caso da china) A economia de Taiwan é também ela muito forte, a Índia por exemplo. Hoje em dia existe competividade de produtividade em termos globais, e isto é algo bem recente, e algo que o ocidente pensou que tinha a vantagem , mas enganou-se. Tirando a Alemanha na Europa, os sinais de produtividade são muito baixos.
    Para teres uma Ideia, no tempo do Hemut koll e François Mitterrand, tinhas uma economia Alemâ a crescer a 4% do PIB a da França a crescer 7% do PIB, hoje em dia crescem 0,3% e é uma Victoria.

    Em relação ao surgimento e elevação de partidos da extrema direita anti-euro etc. Também convêm lembrar o que eles ganharam até agora realmente ( nada), e o que são sondagens e previsões do futuro.
    Aliás na Grécia já houve medidas tomadas contra a golden dawn por exemplo, e FN detém um município apenas?! Não querendo deixar de ser alarmista, até porque são Fenómenos perigosos e demasiado importantes, mas a verdade é que os tempos são outros. Eu não vejo um corte com a UE e o euro, sem o poder central politico o desejar.
    O voto de protesto é isso mesmo, cria estes "problemas" principalmente quando esse protesto, ou contestação não é institucionalizada, o que não é o nosso caso.
    É preocupante quando a xenofobia, e populismo barato ganha à democracia e aos valores da liberdade, recorde-se o caso da cigana em França um autentico escândalo, para uma França que foi em tempos o exemplo a seguir, em valores sociais e humanos. Mas tal como disse os tempos são outros existe escrutínio público como nunca houve na historia da humanidade, com uma rapidez instantânea, a informação circula pelo mundo fora, e a democracia por ela própria defende-se, não existe ninguém que defenda o que se passou, mais gente condena do defende pelo menos.

    Onde eu quero chegar é que mesmo que o perigo seja real, isso vem de um descontentamento do status quo, a crise social que se vive na Europa. NO Reino Unido e França não tens troika, mas tens austeridade na mesma, e tens desemprego altíssimo , e crises sociais em tudo semelhantes ao que nós vivemos, para além de movimentos anti imigrantes fortes. Isso não ajuda à situação. Mas convêm lembrar que não é a maioria apesar de tudo. E UKIP têm muito que andar para chegar ao patamar dos grandes, e na , minha opinião vive muito da personagem do Nigel Farage.
    Last edited by Knight of Heaven; October 26, 2013 at 05:15 PM.

  6. #2046
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    11,146

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by fkizz View Post
    Transações de bolsa Não vejo que beneficio traria aumentar isto ainda mais.
    Referia-me mais a taxas sobre movimentações financeiras nacionais e internacionais de carácter puramente especulativo. Uma taxa Tobin e ou outras do género. Mas não devia faltar a coragem ( melhor, a vontade) para anular unilateralmente rendas da energia e parcerias. Os bancos preferiram deixar de investir nas actividades produtivas, e apostam (porque não são controlados) sobretudo em vender risco, que lhes dá mais lucro. Ainda hoje, há umas horas atrás, Silva Peneda (Presidente do Conselho Económico e Social) denuncia e condena a captura do poder político pelo poder financeiro. Afirma textualmente,
    "A maior transformação dos últimos tempos foi a captura do poder político pelo poder financeiro"

    A breve trecho, e se não se inverter o rumo dos acontecimentos, vamos ter o número de ricos a aumentar ligeiramente (mas não muito), e a classe média completamente desfeita e proletarizada. O esqueleto de uma sociedade saudável é a classe média. Sem esta, temos apenas senhores e escravos. É por estar muito consciente disto que o Paulo Portas nos veio lembrar que,

    "os mais pobres não se manifestam e não aparecem na televisão". É este o sonho do políticos subjugados pelo poder financeiro.

    É também por este motivo que o banqueiro Ulrich (o tal do "aguentam ,aguentam") vem agora exprimir sua indignação pelo facto de existiram "15 indivíduos que decidem o destino de milhões de Portugueses". (o TC)

    Como dizia há dias Sampaio da Nóvoa, o Governo utiliza o pior da autoridade para interromper o Estado de Direito. Relembra também uma verdade evidente: no nosso país, mais que um diferendo entre direita e esquerda, o que existe é a ruptura total entre o social/estado de direito, e o poder económico. è de notar, e honra lhes seja feita, que do lado do que é social e do direito estão homens declaradamente de direita como Adriano Moreira, Bagão Félix, e muitos outros do PSD social e democrata. Do lado do poder financeiro sabemos quem está.


    ---
    Lord Consul
    Estou vivo!
    ...e tu fazes sempre falta por aqui

    ---
    Com sabem, o Brasil pediu à Interpol a captura de um general Angolano acusado de tráfico de prostituição entre o Brasil /Portugal /Angola. Pergunta: qual vai ser a reacção oficial de Angola? por causa des investigações em curso no nosso país, declararam que iam esfriar as relações económicas com Portugal, em favor do Brasil e China. Então agora? também vão esfriar as relações com o Brasil? ainda não ouvi nada nesse sentido, apenas um breve desmentido dos acontecimentos.
    Last edited by Ludicus; October 28, 2013 at 03:22 PM.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

  7. #2047

    Default Re: Português (Portuguese)

    Conquistei hoje a Lusitânia , com os Romanos, no Rome II, e lembrei-me de ouvir isto.

    Spoiler Alert, click show to read: 

    Spoiler Alert, click show to read: 

    Faça-se justiça, ás nossas Deusas celta-lusitanas pagãs, Trebaruna Deusa da batalha, da morte e sua irmã Ataegina, Deusa da natureza, primavera, renascimento, fertilidade e da lua.

  8. #2048
    Menelik_I's Avatar Vicarius Provinciae
    Join Date
    Jul 2009
    Location
    Republica de Angola, eu voltei para a sua Putaria
    Posts
    10,064

    Default Re: Português (Portuguese)

    Hoje fiz um curso de combate a incendios em espasos confinados na ESSA em Cacuaco, foi realmente a assustador.

    Aquelas mascaras davam me ja uma sensacao claustrofobica, mais quando nos puseram no contentor e apagaram as luzes progressivamente me apercebi que nao vinha nada porque estava escuro como no inferno e que nao conseguia ouvir nada senao a minha propria respiracao e o meu unico contacto fisico com o mundo era o colega que tocava com minha mao o que me tocava no ombro.

    Nao vinha nada, e tivemos que navegar uma sala, subir duas escadas em escuridao completa numa sala cheia de fumo e depois descer dois andares numa escala apertada com todo o equipamento. Ao final do dia tava me perguntar se nao deveria ter aceita a proposta de ser professor publico do Ensino Medio em Benguela ao invez de estar a simular a missao suicida do Pipper Alfa ... e proxima semana temos curso de despenho de helicoptero. Things just keep getting better.

    No ponto de vista de Angola o nosso Presidente esta MAGOADISSIMO que os deputados da oposicao mostraram cartazes de protestos dentro da dita "Camara Magna" do Parlamento durante o discurso do Estado da Nacao. Parabems aos nossos deputados por fazer o que muitos jovens fizeram a custa de pancadaria por meses, demostra que ainda tem testiculos neste pais.
    So many things go wrong in life that a sense of humor, even of the macabre type, should have been standard issue.

  9. #2049
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    11,146

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Menelik_I View Post
    Hoje fiz um curso de combate a incendios em espasos confinados na ESSA em Cacuaco, foi realmente a assustador.
    Pois é
    Sabes, vi em Angola queimadas (descontroladas, claro) com uma extensão talvez de centenas de quilómetros, não sei dizer. E quando vistas à noite, parece que todo o horizonte está a arder. É um espetáculo único e realmente assustador!

    No ponto de vista de Angola o nosso Presidente esta MAGOADISSIMO ...
    Não sei se o Presidente do PSD em Portugal ( só formalmente é o nosso Presidente) alguma vez se sentiu magoado, mas o certo é ser um homem sem dúvidas. A frase que o celebrizou, "Eu nunca me engano e raramente tenho dúvidas" diz muito deste homem. Outra frase lapidar ( 2011) "Quando nós não precisarmos de pedir dinheiro no estrangeiro, não temos que nos preocupar com agências de ‘rating’ ou até outras pressões que nos chegam do estrangeiro".
    Outra frase inesquecível, ao referir-se à sua "modesta" pensão de reforma, pela qual optou (por ser superior) em vez do ordenado de Presidente, " Tudo somado, quase de certeza que não vai chegar para pagar as minhas despesas, pois eu também não recebo vencimento como presidente da República"

    --------
    Vale a pena ler,
    http://www.sedes.pt/multimedia/File/...ES_Out2013.pdf
    Tomada de Posição da SEDES Outubro de 2013
    Last edited by Ludicus; October 30, 2013 at 07:19 AM.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

  10. #2050

    Default Re: Português (Portuguese)

    Knight of Heaven e Ludicious, neste momento tenho acesso limitado à net e já vos dou uma resposta quando voltar a casa, mas queria deixar aqui isto entretanto:

    Natalidade em Portugal desce para níveis de 1900

    A taxa de natalidade voltou a cair o ano passado, atingindo o valor mais reduzido desde 1900 e as mulheres continuam a adiar cada vez mais a idade para terem filhos. A tendência têm-se agravado nos últimos anos e especialistas ouvidos pelo Diário Económico não acreditam numa inversão na próxima década, devido à crise e à ausência de uma estratégia de apoio às famílias. Para agravar a situação, o número de imigrantes está também a baixar.
    Que deprimente.. isto vem de facto a confirmar o que tinha visto sobre a nossa taxa de abortos, outrora entre as duas mais baixas de toda a europa juntamente com a polónia, ter subido a pique após o inicio do resgate financeiro.. Claro que 2013 ficar com taxa de natalidade de à 113 anos não é possível sem o número de abortos disparar...

    Obrigado Euro. Qualqer dia ainda chegamos à taxa de abortos da russia (outrora 3 abortos por cada nado vivo)

    Fonte: http://economico.sapo.pt/noticias/na...00_180524.html
    Last edited by fkizz; October 30, 2013 at 09:23 AM.

  11. #2051

    Default Re: Português (Portuguese)

    Então mas é por causa da crise ou por causa do aborto? são coisas diferentes, um é a causa, e outro é apenas o meio. O meio não é o problema. Até porque a taxa de natalidade na Rússia é superior à nossa, por exemplo.
    Mas esta tendência em Portugal não é novidade. Tanto os imigrantes, como a população tem vindo a decrescer há já alguns bons anos, tem haver com uma série de coisas, mas principalmente com os prospectos de crescimento económico e de emprego. Têm muito haver com a ideia preconcebida geral do futuro e de nível de vida, e emprego que as pessoas e a sociedade adquire em relação a Portugal.
    Que nem sempre corresponde à realidade imediata, até porque são processos sociológicos, económicos longos. (aquilo que está a acontecer a Portugal, normalmente os estados demoram 10 a 15 anos a recuperar).

    As pessoas adiam ter filhos cada vez mais, por razões óbvias, demoram muito mais tempo a adquirir estabilidade financeira e independência, se é que hoje em dia isso é possível, na sua plenitude para os jovens ( eu acho que não, agora e para o futuro). para terem a noção O cartão jovem hoje já dá até aos 35 anos ( no meu tempo era 25) por exemplo... nesta altura as mulheres ainda sendo jovens no sentido lato do termo, é uma idade já ela não diria limite mas limitante a partir dai para ter filhos, é biológico, não há volta a dar. Já para não falar que hoje em dia as pessoas maturam muito mais tarde. É tudo um conjunto de factores. E a meu ver deriva com a falta de estabilidade quer financeira, quer de realização, e por sua vez emocional também.

    Agora não me parece que tenha nada a haver com o aborto. Já existia antigamente e sempre existiu, e irá continuar a existir. É preferível que seja controlado e devidamente assistido e sem a sombra de juízo de valores sobre de quem o faz, por parte dos olhos da sociedade.

    Para ser franco confesso que estou farto de estar deprimido, a verdade é que não existem determinismos históricos, mas é que nunca, e nunca me lembro de ter sido fácil para ninguém, não foi para os meus avós, nem meus Pais. É certo que as coisas estão más, e piores do que estavam, mas não é o pior momento que vivemos na nossa história. Parecendo que não Portugal tem nível de vida, tem tudo se fores a ver bem, se tiveres dinheiro claro.... O que quero dizer, Portugal não é o Iraque ou África (sem ofensa) apesar das nossas fragilidades, e estatísticas, confesso que já vi pior, e na Europa.
    Não querendo menosprezar a situação, e a crise social gravíssima claro, nem entrar na modéstia que os nossos altos dirigentes tanto gostam de cultivar e que o nosso povo( no fundo) tanto gosta de seguir. Mas as pessoas iram sempre fazer o que podem. Inclusive como diz o outro "fazer a minha vida para outro sitio" Mesmo sabendo que fazer a vida em outro lugar seja igualmente ou mais difícil, é uma questão de oportunidades no fundo, para além de que quem emigra desta vez são os jovens em teoria mais qualificados, e não os "Zés" e o os "Maneis" da santa "Terrinha" (sem ofensa).
    E desta vez a imigração é para a vida.
    Não que outras também não tenham sido de certa maneira, mas isso é outra conversa.


    Agora sendo pragmático, o grave problema social, neste momento está sendo nos imposto pela troika, um programa tipo para todos estes países resgatados, sem terem a noção das consequências e circunstancias de cada um. Um programa, único, Errado claro e mal concebido. Nasceu entre as instituições europeias, e vai caber à Europa resolver-lo, disso não tenho dúvidas. Agora o que frustra não é isso, o que me frustra é a nossa incapacidade de fazer parte deste debate e fazer parte da solução, o que até seria natural. Mas isso não acontece. Portugal simplesmente não têm voz na Europa, ou não quer ter que é mais o caso. Mas isso sempre foi assim ou não?
    E não é um Problema do Passos que tirem ai o cavalinho da chuva. O Tózé seguro é igual.
    É por isso que digo a solução têm que vir e virá do seio Europeu, e quiçá se a Europa também não se resolve também. Por um lado ou por outro.
    Last edited by Knight of Heaven; October 30, 2013 at 01:11 PM.

  12. #2052
    Menelik_I's Avatar Vicarius Provinciae
    Join Date
    Jul 2009
    Location
    Republica de Angola, eu voltei para a sua Putaria
    Posts
    10,064

    Default Re: Português (Portuguese)

    Sabes, vi em Angola queimadas (descontroladas, claro) com uma extensão talvez de centenas de quilómetros, não sei dizer. E quando vistas à noite, parece que todo o horizonte está a arder. É um espetáculo único e realmente assustador!

    Se na SONILS que se tem a melhor brigada de incendios do pais, financiada por petroliferas off course, nao conseguiram extinguir dois fogos por falta de agua nem sonhas em que se combata queimadas na mata.

    bombeiros sao uma merda.

    Quote Originally Posted by fkizz View Post
    Para agravar a situação, o número de imigrantes está também a baixar.
    Para min e uma boa coisa, pois senao Portugal se torna como Angola : Uma gigante porcaria.

    A proposito os Brasileiros querem mesmo prender o Delinquente do JES ou estao de gozacao ?

    Falando da ESSA o Koreon-DU, aquele primor de Masculina inteligencia, musica, e talento financeiro, mandou estinguir esta instituicao publica e mandou todo mudo para o Sumbe, a capital angolana da SIDA, para transformar o recinto do Cacuaco em uma discoteca.

    Pelo menos o JES nao e tao doido quanto o filho para acreditar que as pessoas fazem o que ele diz por outro motivo alem do macaco ser um ditador.

    Tambem apesar do risco de estar na presensa de informantes do SINFO, foi um pouco surreal que havia apenas na sala de aulas 2 apoiantes confessos do MPLA quando a conversa derivou para assuntos politicos num universo de 16 pessoas. Agora sou falta fazer o que o MCK diz e pararmos de ser criticos apenas nas nossas casas e accatarmos todas ordems que o JES da.

    Tambem o JES ja mandou fuzilar pessoas, coisa que o presidente do PSD nunca fez. Pode ser um pomposo idiota, se quizeres, mais nao e ditador.
    Last edited by Menelik_I; October 30, 2013 at 02:12 PM.
    So many things go wrong in life that a sense of humor, even of the macabre type, should have been standard issue.

  13. #2053
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    11,146

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Knight of Heaven View Post
    neste momento está sendo nos imposto pela troika, um programa tipo para todos estes países resgatados, sem terem a noção das consequências e circunstancias de cada um
    Sem dúvida. Mas se a Troika é Deus, convém recordar que Passos é o seu profeta.
    Veja-se a indigência da há muito prometida reforma (?) do estado, hoje apresentada pelo homem da linha vermelha. Chavões, frases pomposas, muito ruído sem substância, muita parra, pouca uva. Muita conversa fiada, e pelo meio a promessa de privatizar as escolas e acabar de vez com o SNS, e pisca o olho ao PS para amputar a constituição. Enquanto há tempo, antes das próximas eleições.

    Ao ouvir este indivíduo sem carácter ocorre-me uma frase de Faulkner, "life A reforma do Estado is a tale, told by an idiot, full of sound and fury"
    Como diz com piada A. Macedo, ele é o Georgio Armani da reforma do estado,
    Guião para matar ideias
    "É o epílogo que arrasa as últimas aparências que ainda restavam sobre este grupo de estagiários que o País tragicamente elegeu"
    ----
    A natalidade já há muito que está a declinar, e a taxa de mortalidade já a superou há uns anos.
    ----
    o que me frustra é a nossa incapacidade de fazer parte deste debate e fazer parte da solução
    Claro. A culpa maior é deste governo de Vichy que está em sintonia absoluta com o Bundestag. É preciso dizer não.

    Seguro
    Concordo com quem já lhe escreveu uma carta aberta nos jornais a pedir-lhe que se retire de cena.

    -----
    o presidente do PSD...Pode ser um pomposo idiota, se quizeres, mais nao e ditador.
    Vontade não lhe falta, vê-se pela maneira como tenta contornar constantemente a constituição, esse empecilho no caminho.
    Last edited by Ludicus; October 30, 2013 at 10:52 PM.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

  14. #2054

    Default Re: Português (Portuguese)

    O Passos não é ditador. É incompetente que é diferente. Na melhor das hipóteses medíocre. Ou se quiserem apenas mais um, que é o que seria em circunstancias normais. E o problema é esse não estamos em circunstancias normais. Vivemos tempos extraordinários. Ele faz o que todos os outros fizeram, que foi seguir as directrizes e conselhos oficiais Europeias. É uma postura tipicamente Portuguesa desde que entra-mos para a CEE, talvez por sermos muito dependentes da mesma. E talvez porque em Portugal ( e não os Portugueses hoje em dia) existe uma certa mentalidade Provinciana. Mas é por isso que a solução a mudança vai partir daí, porque não são só os nossos governantes que são medíocres, a nossa oposição também. Ou então já teria sido parte da solução e mudança. Isso é que é o drama.
    Nisto são os verdes alemães e outros que fazem oposição na Europa por nós.
    http://expresso.sapo.pt/parlamento-e...troika=f838337



    A propósito os Brasileiros querem mesmo prender o Delinquente do JES ou estão de gozacao ?
    Não estão não pelo que percebi. Por esta altura só falta os Chineses. O que não vai acontecer.
    É simples o conceito de divisão de poderes no estado, algo que o JES nunca apreendeu.

    Já agora, para quem seguia a fenomenal e brilhante série Breaking bad... aqui está um "treat".

    Spoiler Alert, click show to read: 
    Last edited by Knight of Heaven; October 31, 2013 at 06:14 AM.

  15. #2055
    Menelik_I's Avatar Vicarius Provinciae
    Join Date
    Jul 2009
    Location
    Republica de Angola, eu voltei para a sua Putaria
    Posts
    10,064

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Knight of Heaven View Post
    Não estão não pelo que percebi. Por esta altura só falta os Chineses. O que não vai acontecer.
    É simples o conceito de divisão de poderes no estado, algo que o JES nunca apreendeu.
    Me expressei mal, nao o JES em si mais o Deliquente em Chefe dele Bento Kangamba, o famoso exportador de mulheres.
    So many things go wrong in life that a sense of humor, even of the macabre type, should have been standard issue.

  16. #2056
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    11,146

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Knight of Heaven View Post
    Na melhor das hipóteses medíocre
    É um fanático neoliberal, como tal com a sensibilidade social de um mosquito, e que segundo consta acabou o curso aos 37 anos e começou a trabalhar aos 40, a administrar empresas.

    ---
    ...são medíocres, a nossa oposição também
    É verdade. Com algumas honrosas excepções, mas na maioria dos casos são quase todos (PSD e PS) incubados nas juventudes partidárias, profissionais por excelência da sobrevivência e alternância política.

    --------
    A realidade,
    Vidas desorçamentadas


    ---
    solução e mudança
    É reler o relatório da SEDES, instituição independente, insuspeita e muito respeitada. (link algures em post anterior)
    Convém saber o que se pretende. Cada um que se se safe por si, tudo ao molho e boa sorte, ou vivermos numa sociedade que respeite o estado de direito e o contrato social?
    Concordo com a SEDES,
    Que fazer? Em geral, todos podemos concordar com a importância do combate ao défice público como prioridade, suportado no Estado de Direito e, sobretudo, na confiança entre instituições, cidadãos e empresas.
    Mais do que a austeridade, que todos sabíamos que seria dura e prolongada, tem sido a incerteza e a violação de Estado de Direito a afundar a economia e a acarretar um nível de desemprego politicamente inaceitável, socialmente perigoso e pessoalmente injusto.
    O sublinhado é meu.
    Last edited by Ludicus; October 31, 2013 at 09:43 PM.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

  17. #2057

    Default Re: Português (Portuguese)

    Estou a ler um livro de um professor do ISEG, João Ferreira do Amaral, "Porque Devemos Sair do Euro". Recomendo e está muito bem escrito, fácil de entender para quem não estuda profissionalmente o assunto.

    Este basicamente aborda a crise como algo que era uma questão de tempo de acontecer, devido aos desequilíbrios económicos que uma moeda sobre valorizada (para os nossos padrões) causa, bem como a cedência de política cambial e política monetária para as mãos de estrangeiros, essas duas políticas que o Professor considera como instrumentos indispensáveis de um estado para evitar que o financiamento esteja na mercê dos mercados financeiros ou credores externos (como a TROIKA)

    Também faz uma ousada comparação, em que, ao considerar esta crise inevitável a partir do momento em que nos juntámos ao Euro, e ser anti-Euro desde antes da implementação deste, de comparar a nossa adesão à moeda unica como uma Capitulação de indispensáveis instrumentos da nossa soberania, comparável a 1581, à coroação de Filipe II de Espanha Filipe I de Portugal nas cortes de Tomar.

    Mas o livro não se trata de metáforas, é quase tudo discussão técnica em linguagem acessível ao público geral.

    Para quem pondere que sair do Euro é uma possível solução mas tem curiosidade em compreender melhor o assunto, é leitura obrigatória.

    ----------------------------------------------------------------------------------
    PS - Knight of Heaven, sobre o mudpit, devo lembrar-te que a internet é serious business, e deve-se levar tudo com 100% de seriedade, se é que tu me entendes. Se queres ver a minha "face" o thema devia português é o melhor sitio para isso.

    E quanto à subida da taxa de aborto, enfim, eu era e sou a favor da legalização do aborto, mas é triste ver as taxas de aborto a subir. O aborto é um tema moralmente cinzento, qualquer pessoa equilibrada, mesmo que a favor da legalização deste não quereria que o seu país tivesse taxas de aborto ao nivel da russia nos anos 90 (que chegou aos 300%-340%, 3-4 abortos por cada recém nascido, mais abortos que nascimentos), e penso que pessoas a favor da legalização do aborto não vêem o fazer-se muitos abortos como razão para celebrar.

    Não pretendo fazer qualquer cruzada moral, mas vejo a subida a pique dos abortos e a queda da natalidade da nossa nação para niveis de 1900 como indicadores do ambiente doentio que vivemos, tanto socialmente como economicamente, indicadores estes que confirmam a degeneração em que o país está a cair, isto tudo enquanto temos o Euro como moeda, não esquecer isso. Ao menos todo o resto do Sul também está a cair, miséria adora companhia.
    Last edited by fkizz; November 01, 2013 at 05:30 PM.
    It will be seen that, as used, the word ‘Fascism’ is almost entirely meaningless. In conversation, of course, it is used even more wildly than in print. I have heard it applied to farmers, shopkeepers, Social Credit, corporal punishment, fox-hunting, bull-fighting, the 1922 Committee, the 1941 Committee, Kipling, Gandhi, Chiang Kai-Shek, homosexuality, Priestley's broadcasts, Youth Hostels, astrology, women, dogs and I do not know what else.

    -George Orwell

  18. #2058
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    11,146

    Default Re: Português (Portuguese)

    O Ferreira do Amaral tem razão em muita coisa, mas poucos estão prontos a enfrentar de peito aberto os problemas imediatos e terríveis que implicam a saída do euro. A maioria prefere a morte lenta, o declínio inevitável, porque "eu safo-me, os outros que se amanhem".
    Nas nossas faculdades devia existir sempre/obrigatoriamente uma cadeira da ética na economia e política. Mas isso não é muito conveniente às que atiram cá para fora jovens que preparam cuidadosamente para idolatrar Hayek, como outrora nos países comunistas se idolatrava Marx.
    São estes jovens que vão governar e chamar-num vocabulário propositadamente mistificador - aos despedimentos em massa "restruturação", à miséria da precariedade laboral e baixos salários "competividade e flexibilidade laboral" e ao flagelo do desemprego "uma nove oportunidade".

    Não sei se viram um filme que passou ontem (no segundo canal, salvo erro) sobre "A fábrica do Mundo", a China. Mostra a realidade nua e crua da miséria em que vegetam sem esperança os novos escravos do capitalismo global.Faz reflectir- porque não sei se é esse o mundo e o futuro que queremos.
    Last edited by Ludicus; November 03, 2013 at 11:55 AM.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

  19. #2059
    Menelik_I's Avatar Vicarius Provinciae
    Join Date
    Jul 2009
    Location
    Republica de Angola, eu voltei para a sua Putaria
    Posts
    10,064

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Ludicus View Post
    O Ferreira do Amaral tem razão em muita coisa, mas poucos estão prontos a enfrentar de peito aberto os problemas imediatos e terríveis que implicam a saída do euro. A maioria prefere a morte lenta, o declínio inevitável, porque "eu safo-me, os outros que se amanhem".
    Sera que tem parallelo com o Livro do Spinola que fora ignorado porque as pessoas preferiam deixar como esta ate o golpe do MFA. ate poderiamos chamar isto do Sindroma do "Foda-se".

    Depois de passar umas semanas num predio no Sao Paolo estou completamente desiludido com o meu pais, nao sou com os governantes mais especialmente com meus conteranos. Com tantos Nissan Patrol e carros acima dos 40000$ abaixo do predio e uma vergonha que o mesmo e uma ruina sofrendo de humidade, sujeira, paredes de cor incerta, ratazanas, e baratas ate nas orelhas. Tive de bombear insecticida durante 5 dias e por naftalina em todos os cantos do apartamento para reduzir o numero de baratas. Esta gente tem dinheiro para viver melhor e preservar o predio, mais nada se faz. Eu perdi a fe neste pais e nesta gente.

    Com toda a postura belicista e intervecao de Angola em favor de muitos dictatores Africans e comico que compraram sucatas Russas apenas para poder dizer que tem uma forsa area que pode competir com a Africa do Sul, quando a ANC e o MPLA tem coloboracao no que toca a lavagem de dinherio.
    So many things go wrong in life that a sense of humor, even of the macabre type, should have been standard issue.

  20. #2060
    Ludicus's Avatar Vicarius Provinciae
    Citizen

    Join Date
    Sep 2006
    Posts
    11,146

    Default Re: Português (Portuguese)

    Quote Originally Posted by Menelik_I View Post
    . Eu perdi a fe neste pais e nesta gente
    É o que nós dizemos por aqui, onde a corrupção não é menor, onde o poder político está nas mãos do poder económico.
    Na apresentação do seu programa eleitoral (a que chamou programa de reforma do estado), o Portas, que gosta de tiradas melodramáticas, comparava este tempo de submissão à Troika aos oitenta anos durante os quais estivemos sob o jugo de Espanha, para poder anunciar com júbilo o aproximar do nosso 1640.Mas não se lembrou que podia ser questionado sobre o que poderia acontecer aos nossos Miguéis de Vasconcelos.
    Il y a quelque chose de pire que d'avoir une âme perverse. C’est d'avoir une âme habituée
    Charles Péguy

    Every human society must justify its inequalities: reasons must be found because, without them, the whole political and social edifice is in danger of collapsing”.
    Thomas Piketty

Tags for this Thread

Posting Permissions

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts
  •